Anúncio de poupança fiscal surpreende Paulo Bernardo

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, foi surpreendido pela informação vinda de jornalistas de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, já anunciou o compromisso do governo de fazer uma poupança fiscal de 0,5% do Produto Interno Bruto para a composição do Fundo Soberano do Brasil. Em apresentação hoje na Câmara de Comércio Americana, no Rio, Bernardo tinha dito que o governo não teria ainda decidido elevar a meta de superávit primário de 3,80% do PIB. Ao ser informado pelos jornalistas de que Mantega já havia anunciado a decisão de promover um esforço fiscal de 0,5% do PIB para composição do fundo soberano, Bernardo afirmou que a medida é "um sacrifício, sim, mas é um sacrifício importante." De acordo com ele, isso mostra o compromisso do governo com a área fiscal. "Achamos importante reduzir a dívida como proporção do PIB", disse. Bernardo considera que a medida reduz a demanda do governo e lembrou que no primeiro quadrimestre o governo conseguiu superávit nominal, fato inédito para o período. Ele disse que não projeta superávit nominal para este ano. "Mas nossa expectativa é zerar o déficit nominal até 2010", disse. O ministro afirmou também que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já está com seus recursos sendo muito utilizados e, nesse sentido, o grau de investimento e o fundo soberano serão positivos para apoiar as empresas. Ele disse ainda que o problema da desvalorização do dólar é mundial, mas que tem visto análises de que a cotação do real já está "perto do teto". Ele afirmou ainda que os investimentos produtivos são bem-vindos. "Com o investment grade (grau de investimento), tem muita gente prevendo uma enxurrada de dólares. Eu até brinquei outro dia, que vi um chuvisqueiro até agora", disse Bernardo, respondendo a uma pergunta sobre se a entrada de capital não levará a uma valorização maior do real, apesar do déficit em conta corrente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.