coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Anvisa apreende palmito e fitoterápicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apreendeu hoje 24 medicamentos fitoterápicos sem registros, uma marca de palmito irregular e dois medicamentos que tiveram problemas de desvio de qualidade. Com denúncias de consumidores e mais fiscalização das vigilâncias sanitárias locais, a Anvisa chegou a diversos medicamentos sem registro que estavam sendo vendidos sem ter passado pelos critérios que garantem segurança de uso e eficácia.De acordo com a Anvisa, todas as apreensões foram baseadas no monitoramento da qualidade feitopela Agência e nas denúncias da população, que pode acionar a vigilância sempre que duvidar da qualidade de um produto, através do Disque Saúde (0800- 611997).A Anvisa interditou dois medicamentos por desvio de qualidade. O lote nº 407 do repositor de sais Gliconato de cálcio 10% e o lote nº 411 do broncodilatador Aminofilina, ambos do laboratório Halex Istar de Goiânia (GO), foram apreendidos porque as ampolas destes medicamentos tinham as mesmas datas de fabricação e validade, o que confundia os profissionais de saúde que utilizam esses medicamentos, segundo a AgênciaPalmito sem registroO palmito em conserva da marca Gentleness, fabricado pelo laboratório New Indústria e Comércio - Marcelândia (MT) foi apreendido por não ter registro no Ministério da Saúde, de acordo com a Anvisa. A Agência informa que o laudo do Instituto Adolfo Lutz detectou que o lote analisado tinha ph do líquido da conserva acima do limite permitido.A Agência alerta que o consumo de produtos sem registro pode causar risco para a saúde do consumidor. No caso dos comerciantes, a fiscalização pode autuá-los e até fechar o estabelecimento por venda do produto ilegal. O laboratório que desobedecer a determinação será punido de acordo com a legislação sanitária, que prevê desde notificação até multas que variam de R$ 2 mil a R$1,5 milhão, segundo a Anvisa. Confira abaixo lista de medicamentos fitoterápicos sem registro comprovados pela Anvisa: - ALJ Liquid Herb expectorante, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP)-- Art-A Extrato Vegetal energético, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP)- Berinjela depurador de sangue, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Capsicum & Garlic With Parsley, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP)- Composto Vegetal Anti-reumático, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal Emagrecedor , do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal Calmante, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal Energético, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal Hepático, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal Laxante, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Composto Vegetal para Varizes, do laboratório Herbarium - Colombo (PR)- Eight suplemento vitamínico, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP) - Enviro-Detox, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP)- Extrato Vegetal de Cajazeiras, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Fybersan Plus emagrecedor, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Herbal H-P Fighter, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP) - HSN-W suplemento vitamínico, do laboratório Nature´s Sunshine - São Paulo (SP- Kava kava, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Quitosana C emagrecedor, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE) - Ômega 3, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Poly Cálcio, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Porangaba emagrecedor, do laboratório Flora 7 Ervas - Hortolândia (SP)- Rutina, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)- Vegsuper, do laboratório Polymar - Fortaleza (CE)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.