Anvisa suspende próteses Onix Orthopaedic

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a venda e utilização das órteses e próteses fabricadas pela empresa Onix Orthopaedic Indústria e Comércio Ltda. Os produtos não têm registro na Agência e estavam sendo utilizados em hospitais da rede pública e particular na região Nordeste. A irregularidade foi detectada durante uma investigação sobre a venda de órteses e próteses ilegais realizada pela Anvisa e vigilâncias estaduais. O trabalho identificou 15 empresas em situação irregular. De acordo com a Anvisa, a Onix, localizada em Itamaracá (PE), comercializava pinos, fixadores externos e próteses para quadril, ombro e joelho. Segundo a Agência, a fiscalização dos produtos vai ficar a cargo das vigilâncias estaduais e municipais. Em caso de desrespeito à resolução da Anvisa, a empresa, distribuidores e unidades de saúde poderão ser punidos com multas que variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.