finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Anvisa suspende uso de seringa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão do uso e da comercialização da seringa descartável Safti, da empresa Chun Woo Medical da Coréia. Foram detectados corpos estranhos nas seringas do lote n.º 1010 importado pela empresa Joãomed Comércio de Materiais Cirúrgicos Ltda., localizada em Curitiba (PR). A suspensão foi determinada pela Resolução nº 1.697, publicada no Diário Oficial da União.A vigilância sanitária do Estado apreendeu o lote do produto e encaminhou para o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) para análise de rotina. Laudos do laboratório constataram a presença de corpos estranhos no produto. O produto deve ser recolhido imediatamente pela empresa detentora do registro e pelas vigilâncias sanitárias estaduais em todo o território nacional.

Agencia Estado,

23 de outubro de 2001 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.