Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Anvisa suspende venda de sabonetes com clorexidina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Ministério da Saúde, determinou hoje a suspensão do comércio e uso do lote nº 03077A3 do sabonete Handex, fabricado pelo laboratório Saneativo, e dos lotes nº 07544 e 08028 do sabonete Nordexidina, produzido pelo laboratório Cinord. Segundo a Anvisa, os dois produtos têm como princípio ativo a clorexidina e há suspeita de desvio de qualidade. A Anvisa determinou que os lotes devam ficar interditados até que os resultados das análises confirmem a segurança do produto.Os sabonetes são usados para limpeza das mãos em hospitais, para evitar contaminação por microorganismos em pacientes. De acordo com a Agência, as empresas terão que providenciar a retirada do mercado imediatamente. As vigilâncias sanitárias estaduais e municipais punirão os estabelecimentos que venderem ou utilizarem os produtos. A Lei nº 6.437/77 prevê punições que vão de notificação a multas de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão.

Agencia Estado,

19 de maio de 2003 | 11h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.