Ao contrário de Dirceu, BC faz previsão otimista da economia

Contrastando com a avaliação do ministro da Casa Civil, José Dirceu, de que o governo ainda enfrentará problemas no Orçamento no ano que vem, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, fez um discurso otimista nesta sexta-feira em palestra dirigida a cerca de 200 empresários alemães, de Hamburgo.Segundo ele, os aumentos detectados nos últimos índices de inflação são "pontuais", os investimentos estrangeiros estão voltando, o déficit em conta corrente este ano será menor que US$ 1,2 bilhão e a balança comercial poderá ter um superávit superior a US$ 20,5 bilhões.O presidente do BC disse que os dados sobre atividade econômica divulgados esta semana confirmam a previsão do BC de início de retomada do crescimento. Uma prova disso, segundo ele, é a volta dos investidores estrangeiros. "Estamos constatando uma recuperação forte desses investimentos e ela deve se ampliar nos próximos meses."Meirelles não quis comentar os rumores de que o Brasil estaria preparando uma nova emissão de títulos no exterior e disse que as negociações com o FMI não foram concluídas. "Se houver um acordo, ele será muito positivo para o país", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.