Apagão telefônico atinge MT durante visita de Lula

Um acidente ocorrido em uma obra civil para construção de uma cerca sob responsabilidade de terceiros foi o que causou o rompimento de um cabo de fibra ótica da companhia telefônica Oi, interrompendo temporariamente os serviços de telefonia fixa e móvel e de comunicação de dados, hoje pela manhã, na região de Alta Floresta, em Mato Grosso. A informação é da própria Oi, que esclarece que o rompimento aconteceu em trecho situado a 53 quilômetros da cidade de Nova Canaã do Norte, na direção de Carlinda.

AE, Agencia Estado

19 de junho de 2009 | 19h38

"Prontamente, a Oi acionou uma equipe técnica para identificar o local exato do rompimento e fazer os reparos. Uma parte da equipe, baseada em Sinop (MT), seguiu de avião para o local, com todo o equipamento necessário para fazer os reparos e a fusão do cabo de fibra ótica. O serviço começou a ser restabelecido no início da tarde e foi totalmente normalizado por volta das 14 horas", diz a nota divulgada pela Oi.

O apagão no sistema telefônico e de transmissão de dados atingiu Alta Floresta durante a passagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e comitiva pela cidade. Os problemas terminaram depois de encerrada a cerimônia de lançamento do programa que deu início ao cadastramento para regularização das posses de até 1,5 mil hectares na Amazônia.

Tudo o que sabemos sobre:
apagãotelefoniaOiLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.