Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Apenas oito horas com Neymar

A equipe da agência Talent responsável pela ativação do banco Santander para a Copa do Mundo teve um desafio e tanto: usar o jogador Neymar Jr., que é patrocinado pelo banco espanhol, na principal peça publicitária do banco para o mês de junho, que entrará no ar nesta semana nas páginas da instituição no Facebook e no YouTube. A presença de Neymar, no entanto, exigiu que a equipe corresse contra o tempo.

Fernando Scheller, O Estado de S. Paulo

02 de junho de 2014 | 02h00

Isso porque o contrato de patrocínio entre o banco e o jogador só garantia à instituição um dia do tempo de Neymar - mais especificamente, oito horas. O filme precisava ser concluído no dia que o jogador tinha aberto espaço na agenda: 12 de maio - e em Barcelona, na Espanha.

Para pôr a ideia em prática, a Talent enviou uma equipe à Espanha com uma missão: encontrar dez fãs de Neymar - brasileiros ou espanhóis - que se dispusessem a gravar, na data combinada, um depoimento de apoio ao jogador antes do início da Copa do Mundo.

Segundo Rafael Amorim, diretor de mídia de Santander na Talent, essas pessoas foram informadas que Neymar receberia os vídeos em uma data futura. Na verdade, porém, o jogador acompanhou a gravação e foi instruído a surpreender seus fãs no momento em que achasse mais apropriado.

Dessa forma, Neymar não teve de seguir um script, o que deixou o resultado final mais natural, na visão dos criadores. "Não teve ensaio, foi o Neymar mesmo como ele é. O conteúdo ficou absolutamente verdadeiro", diz Paulo Stephan, diretor-geral de mídia da Talent.

Dentro das oito horas que tinham com o jogador da seleção, o banco e a agência ainda "espremeram" uma outra ação publicitária: uma entrevista ao vivo com Neymar pelo Google Hangout - ferramenta de teleconferências do Google - com participação de jornalistas como Mauro Beting (do Fox Sports) e Felipe Andreoli (da TV Bandeirantes).

A entrevista, que teve uma hora de duração, foi uma das mais longas que Neymar concedeu recentemente. A sabatina - que também teve participação ao vivo do público - foi pensada para gerar mídia espontânea de conteúdo relacionado à marca Santander. Segundo a Talent, cerca de 5 milhões de pessoas foram atingidas e a entrevista gerou 50 reportagens e notas na imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.