R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Apesar das boas notícias da Opep, petróleo sobe

Os contratos futuros do petróleo foram negociados em alta moderada, em uma manhã sem direção e com fluxo esvaziado, já que muitas mesas de operações já iniciaram o esquema de plantão, por causa do feriado de Memorial Day, na segunda-feira, nos Estados Unidos. Em razão do feriado norte-americano, as sessões regulares de hoje da New York Mercantile Exchange e da International Petroleum Exchange serão mais curtas e esses dois mercados não abrirão na segunda-feira. A alta era atribuída à cobertura de posições vendidas, em razão do feriado.No sistema eletrônico da Nymex, o contrato do cru para julho estava em queda de US$ 0,17 (0,43%), a US$ 39,61 o barril, após oscilar entre a máxima de US$ 39,70 e a mínima de US$ 39,06, pouco antes das 10 horas da manhã (de Brasília). O contrato da gasolina para junho subia 0,02%, para US$ 1,3855 o galão. Na International Petroleum Exchange, em Londres, o contrato do brent com mesmo vencimento subia US$ 0,29 (0,80%), para US$ 36,54 o barril. A alta do petróleo contrariava as expectativas do início da manhã de que os contratos abririam em baixa, reagindo a matérias relacionadas à Organização dos Países Exportadores de Petróleo e a comentários do secretário de Energia dos EUA, Spencer Abraham. Antes de encontro com executivos do setor de Petróleo da Rússia, Abraham afirmou que o Kuwait e os Emirados Árabes Unidos também se comprometeram a ampliar a produção, além do México e da Nigéria. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.