Aplicações: considerações importantes

Fatores como objetivo, idade, prazo, volume de recursos e perfil de tolerância a riscos são fundamentais para determinar qual o tipo de aplicação mais indicada para o investidor. Veja abaixo os itens mais importantes a serem analisados antes de investir. ObjetivoÉ o primeiro item a ser analisado, pois definirá as estratégias de investimento. É imprescindível saber o porquê de se estar poupando. Quando o objetivo é aposentadoria ou estudo dos filhos, por exemplo, fundos de ações podem absorver uma parcela importante dos recursos porque o prazo é longo. Em caso de viagem ao exterior, fundos cambiais são os mais indicados para a totalidade ou para boa parte dos recursos para evitar o risco de desvalorização brusca do real. Para a compra de imóvel, que pode ocorrer em prazo menor ou a qualquer momento, a renda fixa tende a ser indicada para a maior parcela dos recursos.IdadePode determinar quanto do capital será investido em mercados mais voláteis, como a bolsa de valores. Quanto maior a idade, menor deve ser o investimento porque menor é o tempo que o aplicador pode esperar para recuperar possíveis perdas em aplicações mais agressivas.PrazoÉ um dos itens mais importantes a ser analisados, pois quanto maior o prazo da aplicação - acima de um ano -, maior a parcela de seus recursos que pode ser destinada à renda variável. Para períodos menores de 1 ano, o investidor tem de restringir-se a produtos mais conservadores, de renda fixa.Volume de recursosÉ importante fazer um orçamento para ter definida a quantia a ser poupada todo mês. Além disso, a quantia disponível também determinará as aplicações, porque a maioria dos produtos exige um valor mínimo para ingresso. Isso poderá restringir as opções de investimento.Perfil de tolerância a riscoApós a ponderação de todos os itens acima, o investidor tem de perguntar-se qual será sua reação diante da perda de parte do seu patrimônio em ocasiões de maior turbulência no mercado. Esse item é importante para avaliar se a estratégia deve ou não incluir ações. Investidor que não tolera perdas e aplica em ações pode ter prejuízos ao desfazer-se de suas posições precipitadamente em momentos errados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.