Apoio a seguradora nos EUA pode sair em 48h, diz jornal

Representantes do órgão regulador de seguros norte-americano reuniram-se com 12 bancos ontem para discutir maneiras de dar apoio às seguradoras de bônus MBIA e Ambac Financial Group. O superintendente de seguros de Nova York, Eric Dinallo, sugeriu que uma medida pode ser sair em 48 horas, conforme relatou o jornal The New York Times.O jornal afirmou que os reguladores temem uma possível reação em cadeia, na qual a MBIA e Ambac poderiam ficar incapacitadas de manter suas promessas de pagar os investidores, se seus mutuários se tornarem inadimplentes. As duas seguradoras de bônus garantiram compradores contra perdas em mais de US$ 1 trilhão de bônus.Dinallo pediu a executivos de Wall Street, na terça-feira, para realizar a reunião em seu escritório, em Lower Manhattan, informou o Times. Ele conduziu o encontro na quarta e sugeriu que o grupo pode anunciar uma medida em apenas 48 horas, para fechar um acordo antes do rebaixamento das seguradoras por agências de classificação de risco de crédito.Dinallo disse que iria discutir com os banqueiros, um a um, e depois reunir-se com o grupo - que inclui executivos do Citigroup, Goldman Sachs e Merrill Lynch - hoje ou amanhã, de acordo com o Times. Segundo o jornal, autoridades federais e executivos das duas seguradoras não participaram do encontro. Um porta-voz da Ambac não retornou as ligações do NYT, enquanto a porta-voz da MBIA se recusou a comentar. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.