Apoio de alemães a postura de Merkel sobre crise diminui--pesquisa

Apenas um terço dos alemães ainda acredita que Angela Merkel está tomando as decisões corretas quanto à crise de dívida da zona do euro, segundo pesquisa divulgada neste domingo, indicando uma forte erosão no apoio doméstico à chanceler nas últimas semanas.

Reuters

29 de julho de 2012 | 14h36

A pesquisa realizada pela YouGov, que será publicada na segunda-feira no jornal Bild, revelou 33 por cento dos alemães favoráveis à posição de Merkel, mas 48 por cento contra, um recuo para a chanceler, que busca um terceiro mandato nas eleições federais de 2013, na qual ela prometeu fazer uma votação sobre a Europa.

Questionados na pesquisa se temiam pelas suas economias, 44 por cento dos alemães disseram que sim.

Em meados de julho, uma pesquisa da ZDF-Politbarometer mostrou que 63 por cento dos alemães apoiavam a forma como Merkel estava lidando com a crise, embora a maioria afirmasse que ela deveria explicar melhor suas políticas.

Outro levantamento no início de julho, da Infratest-ARD, revelou o apoio de 58 por cento dos alemães, embora 85 por cento dos entrevistados esperassem uma piora da crise.

A postura severa de Merkel diante da crise e das necessidades de resgate prejudicou sua imagem em toda a Europa, mas garantiu popularidade à chanceler na Alemanha.

(Por Alexandra Hudson)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROMERKELPESQUISA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.