Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Após 3 quedas, índice sobe em sessão de giro modesto

Num rali de última hora, a Bovespa estendeu a tendência de recuperação que sinalizou durante o dia, voltando a fechar no azul após 3 dias em baixa.

ALUÍSIO ALVES, REUTERS

14 de maio de 2009 | 18h03

O Ibovespa subiu 1,58 por cento, para 49.446 pontos, movimento entretanto apoiado numa sessão de giro financeiro mais fraco que a média recente: apenas 4,2 bilhões de reais.

De acordo com profissionais do mercado, após a realização de lucros que derrubou o principal índice da bolsa paulista em 5,3 por cento desde segunda-feira, alguns investidores voltaram a ter apetite para compras, especialmente ao olharem para a sinalização positiva de Wall Street e das commodities.

Na cola da recuperação do setor financeiro nos Estados Unidos, os bancos domésticos foram os que mais deram força ao Ibovespa. Banco do Brasil puxou a tendência avançando 4,4 por cento, a 20,20 reais, mesmo após ter reportado pela manhã que fechou o primeiro trimestre com lucro 29 por cento menor que em igual período de 2008.

A alta moderada de matérias-primas como petróleo e metais também deu fôlego para as blue chips Petrobras e Vale, que vinham em queda livre. A ação preferencial da mineradora avançou 0,9 por cento, a 31,38 reais, enquanto a da Petrobras cresceu 0,8 por cento, a 31,74 reais.

"Tem também a disputa por opções, que tem influência nos negócios", disse André Hanna Farath, analista da corretora Interfloat. Os contratos têm vencimento na segunda-feira e os papéis dessas companhias são os mais disputados no setor.

Na ponta de baixa do índice ficaram as fabricantes de aço, depois de terem divulgado resultados do primeiro trimestre que desagradaram o mercado.

O papel preferencial da Usiminas afundou 3,9 por cento, para 32,10 reais. A companhia mineira anunciou na quarta-feira à noite que teve prejuízo de 112 milhões de reais no período, em função da crise.

Outra que decepcionou foi a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), cedendo 0,7 por cento, a 40,78 reais. A empresa não apenas teve uma queda de 52 por cento no lucro do trimestre, ante igual período de 2008, como avisou que espera uma queda de 20 por cento nas vendas de aço neste ano.

Em Wall Street, o índice Dow Jones subiu 0,56 por cento, enquanto o S&P 500 avançou 1,04 por cento, com os investidores reagindo sem susto à notícia de que o volume de pedidos de seguro-desemprego nos EUA atingiu novo recorde na semana passada.

"Os números não assustaram tanto", disse Farath.

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAFINAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.