Após acusações, líder do Parlamento deixa o cargo

O presidente do Parlamento da Grécia, Evangelos Meimarakis, disse que deixará o cargo temporariamente até que alegações feitas sobre seu suposto envolvimento em lavagem do dinheiro sejam esclarecidas. O ex-ministro da Ordem Pública Giorgos Voulgarakis e o ex-ministro dos Transportes Michalis Liapis também estariam envolvidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.