André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Após divulgação do Placar da Previdência, deputados mudam o voto

Quatro deputados modificaram de 'a favor' para 'contra' seu posicionamento sobre o projeto

O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2017 | 22h54

Após a publicação do Placar da Previdência pelo Grupo Estado na quarta-feira, quatro deputados modificaram de “a favor” para “contra” seu posicionamento sobre o projeto da reforma que tramita na Câmara dos Deputados. Outros seis parlamentares que, até então, não haviam sido encontrados, também afirmaram se opor à proposta. Ao todo, 261 deputados se declararam contrário à reforma.

Os deputados Domingos Neto (PSD-CE), Mara Gabrilli (PSDB-SP) Marcos Rogério (DEM-RO) e Arnaldo Jordy (PPS-PA), que haviam manifestado apoio à proposta de reforma, mas com ressalvas, mudaram radicalmente o voto. Em nota, o deputado Marcos Rogério (DEM-RO) reforçou que defende a necessidade de uma reforma da Previdência, mas declarou-se “totalmente contrário à proposta apresentada pelo governo, por discordância em vários pontos do texto”. Mara havia se declarado favorável, mas com ressalvas diferentes das propostas no questionário.

Procurados pelo ‘Estado’, seis deputados que ainda não haviam sido ouvidos afirmaram oposição ao texto. Entre eles, cinco da base aliada de Temer. “Sou a favor do povo. Não posso votar em uma reforma como essa”, disse o deputado Tiririca (PR-SP).

Apenas dois parlamentares solicitaram alteração de voto “contra” para “a favor”. Mesmo com a mudança de posicionamento, ambos destacam ao menos três modificações necessárias para a confirmação do apoio ao texto original.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.