Após especulação, preço do trigo cai

Os preços futuros do trigo sofreram forte queda ontem na Bolsa de Chicago. Os contratos para entrega em julho, que possuem maior liquidez, fecharam o dia com queda de 3,46%, cotados a US$ 4,88 por bushel. Dessa forma, o mercado devolveu parte dos ganhos acumulados até sexta-feira, quando a commodity alcançou o preço mais alto em sete semanas.

Análise: Gerson Freitas Jr., O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2010 | 00h00

Analistas lembram que os fundamentos do mercado de trigo são baixistas: os estoques mundiais de passagem da safra 2009/10 são os maiores já registrados e a competição acirrada entre os produtores fez com que as exportações de trigo dos Estados Unidos (onde se formam os preços internacionais da commodity) caíssem para o menor nível dos últimos anos.

Mesmo assim, os preços do cereal vinham se recuperando depois de cair cerca de 17% no primeiro trimestre. Em abril, até sexta-feira, os contratos para julho acumulavam alta de 8,9%.

Segundo analistas, a alta foi provocada por movimentos especulativos. Fundos que haviam apostado contra a commodity decidiram rever suas posições diante da previsão de uma oferta mundial menor na safra 2010/11 e das incertezas em relação ao desenvolvimento das lavouras de inverno nos Estados Unidos. No entanto, a queda dos embarques de trigo dos Estados Unidos na semana encerrada na última quinta-feira mostrou ao mercado que a alta pode ter sido exagerada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.