Após pagar juro, setor público ainda consegue saldo positivo

O setor público registrou um gasto com juros em abril de R$ 13,278 bilhões. O valor divulgado pelo Departamento Econômico do Banco Central (BC) é inferior aos R$ 13,917 bilhões de março e superior aos R$ 9,904 bilhões gastos em abril do ano passado. Após o pagamento de juros, o setor público ainda conseguiu ficar com um saldo positivo de R$ 3,057 bilhões em abril. Em março, o resultado nominal do setor público havia ficado deficitário em R$ 1,659 bilhão. Em abril do ano passado, o superávit nominal do setor público tinha sido de R$ 1,997 bilhão. Contudo, no período de janeiro a abril deste ano, o setor público ainda acumula saldo negativo após o pagamento de juros, de R$ 7,171 bilhões. O valor corresponde a 1,18% do PIB. Em igual período do ano passado, o déficit nominal do setor público tinha sido R$ 8,830 bilhões. Este valor correspondia a 1,66% do PIB. No período de 12 meses até abril, o déficit nominal do setor público estava em R$ 45,485 bilhões. O valor correspondia 2,47% do PIB. O déficit nominal do setor público acumulado em 12 meses até março era de R$ 46,545 bilhões, o que correspondiam a 2,55% do PIB. Gastos com juros No período de janeiro a abril deste ano, os gastos com juros nominais estão acumulados em R$ 51,183 bilhões. Este valor corresponde a 8,44% do PIB. Em igual período do ano passado, as despesas com juros nominais foram de R$ 41,259 bilhões. Este valor correspondia a 7,76% do PIB. No período de 12 meses até abril, as despesas com juros nominais estavam acumuladas em R$ 138,180 bilhões. O valor equivalia a 7,49% do PIB. No período de 12 meses até março, os gastos com juros nominais estavam em R$ 134,806 bilhões, que correspondiam a 7,39% do PIB.

Agencia Estado,

30 Maio 2005 | 12h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.