Após queda nos lucros de grandes empresas, Ásia abre em baixa

Índice Nikkei, de Tóquio, caía 2,84%, Kospi, em Seul, perdia 1,63% e Hang Seng, de Hong Kong, 1,49%

Agências internacionais,

30 de janeiro de 2009 | 01h34

As Bolsas asiáticas abriram o pregão desta sexta-feira, 30, em baixa, após grandes empresas de vários setores anunciarem quedas fortes nos lucros.  Veja também:Crise derruba resultados de grandes grupos no mundo todoCâmara aprova pacote de Obama de US$ 819 biDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio caía 2,84%, para 8.061,68 pontos. Por sua vez, o indicador Topix recuava 2,65%, para 796,79 pontos. O dólar abriu em baixa, negociado a 89,91 ienes, contra os 90,22 ienes do último fechamento. O euro também estava em baixa, a 116,30 ienes e a US$ 1,2935, frente às cotações de 118,01 ienes e de US$ 1,2951 da última jornada. O indicador Kospi do mercado sul-coreano registrava uma queda de 18,99 pontos (1,63%) para se situar aos 1.147,57 inteiros. O índice de valores tecnológicos Kosdaq perdia 4,03 pontos (1,11%) até os 359,95 pontos. O índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, perdia na abertura do pregão 196,35 pontos (1,49%), aos 12.958,08. O índice Psei, da Bolsa de Manila, caía 14,30 pontos (0,77%), aos 1.846,31. O índice Straits Times, de Cingapura, perdia 19,28 pontos (1,09%), aos 1.677,06. Em Kuala Lumpur, o índice seletivo KLCI estava em 880,38 pontos, após cai 2,78 (0,31%). Em Jacarta, o índice seletivo JKSE perdia 0,13 ponto (0,01%), aos 1.324,52. O índice SET, em Bangcoc, estava em 433,92 pontos, após ter queda de 1,08 ponto (0,25%), na abertura do pregão desta sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.