Wikimedia Commons
Wikimedia Commons

Após tombo, PIB dos EUA supera previsão de crescimento no 3º trimestre

Em taxa anualizada, crescimento ficou em 33,4%, contra expectativa de 33,1%; no trimestre anterior, tombo havia sido de 31,4%

Sergio Caldas, O Estado de S. Paulo

22 de dezembro de 2020 | 11h53

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu à taxa anualizada de 33,4% no terceiro trimestre de 2020, divulgou nesta terça-feira, 22, o Departamento do Comércio do país. O resultado ficou acima do ganho de 33,1% observado nas duas primeiras estimativas, que analistas esperavam ver confirmado no cálculo final.

Apenas os gastos com consumo, que respondem por cerca de 70% do PIB americano, aumentaram 41% no terceiro trimestre, aponta a pesquisa final. A estimativa anterior havia sido de avanço de 40,6%.

No segundo trimestre, o PIB dos EUA sofreu um tombo de 31,4% em meio aos efeitos da pandemia do coronavírus.

O Departamento do Comércio informou também que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) subiu à taxa anualizada de 3,7% no terceiro trimestre. Já o núcleo do PCE, que desconsidera preços de alimentos e energia, avançou 3,4% no mesmo intervalo.

No Reino Unido, crescimento foi de 16%

Já o Produto Interno Bruto do Reino Unido cresceu 16% no terceiro trimestre de 2020 ante o segundo, de acordo com revisão divulgada nesta terça pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do país.

O salto veio após a economia britânica sofrer contração de 19,8% no segundo trimestre ante os três meses anteriores, em função de medidas de confinamento motivadas pela pandemia do novo coronavírus.

Na comparação anual, o PIB do Reino Unido sofreu queda de 8,6% entre julho e setembro, informou a ONS.

A revisão trouxe números melhores do que as estimativas preliminares, que eram de alta de 15,5% no terceiro trimestre ante o segundo e de retração de 9,6% no confronto anual. / COM INFORMAÇÕES DO DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.