Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Após três anos, Conrado Engel deixa comando do HSBC no País

Executivo assumiu o cargo em 2009; nome do novo presidente deve ser anunciado nos próximos dias

LEANDRO MODÉ, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2012 | 03h05

O banco HSBC informou ontem que seu presidente no Brasil, Conrado Engel, deixou o cargo. Segundo comunicado divulgado à imprensa, o substituto ainda não foi definido. Engel, que trabalhou nove anos na instituição, assumiu a presidência em junho de 2009. O próximo presidente será o quinto desde que o HSBC entrou no mercado brasileiro, em 1997, após a compra do Bamerindus.

O primeiro a ocupar o cargo foi o inglês Michael Geoghegan, que, mais tarde, chegou à presidência mundial do grupo. Ele foi substituído pelo brasileiro Emilson Alonso, que, em 2008, deu lugar a outro inglês, Shaun Wallis. Engel chegou justamente em substituição ao inglês.

Rumores. Há tempos, o HSBC é alvo de rumores sobre uma eventual saída do Brasil - sobretudo depois da eclosão da crise financeira global. Especulou-se que a venda da operação brasileira contribuiria para colocar dinheiro nos cofres da instituição.

As informações sempre foram rebatidas veementemente pelo banco. No fim do ano passado, o HSBC anunciou que ia transferir a sede da América Latina, então na Cidade do México, para São Paulo. Era uma demonstração de que a aposta no Brasil se mantinha firme.

Recentemente, o banco negociou a venda de sua principal unidade de varejo no País - a financeira Losango -, mas a transação acabou não indo à frente. A unidade mais rentável do grupo no Brasil é a de atacado - que cuida, por exemplo, de emissões de ações e dívida aqui e no exterior, entre outros negócios.

Nos últimos meses, o banco anunciou a venda de vários de seus ativos ao redor do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.