Aposentados ganham direito a empréstimos na CEF e BB

Cerca de 142 mil aposentados e pensionistas que têm conta na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil, já estão obtendo empréstimos que são pagos com desconto mensal nos seus benefícios. Desde maio, as duas instituições somadas já emprestaram R$ 346,6 milhões. No caso da Caixa, que assinou convênio com o INSS, os empréstimos somam R$ 293 milhões. O BB emprestou um total de R$ 53,6 milhões. Pelo acordo firmado entre a Caixa e o INSS, o desconto das parcelas é feito diretamente do valor do benefício pelo instituto, que repassa o dinheiro ao banco. Isso garante para os beneficiários uma taxa de juros mais baixa do que a normalmente cobrada nos empréstimos para pessoas físicas. De acordo com a Caixa, o valor médio dos empréstimos está em R$ 2.890 - o que dá uma prestação média de R$ 80,30 a ser quitada em 36 meses. Na mesma época em que a Caixa implementou a operação, o Banco do Brasil, sem fazer convênio com o INSS, reformulou sua linha de crédito para aposentados e pensionistas. A linha de crédito do BB é voltada para os segurados do INSS que recebem pela instituição e que ganham acima de R$ 520 por mês. O prazo máximo do financiamento é de 24 meses, com taxa de 2,5% ao mês. De acordo com o BB, os segurados do INSS podem pegar entre R$ 100 e R$ 40 mil de empréstimo, desde que a prestação mensal não ultrapasse 30% do valor do benefício recebido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.