Apple despenca no mercado global de tablets

Novos números revelam que a maré do mercado de tablets se virou contra a Apple. A participação dos dispositivos com sistema operacional Android no mercado global no segundo trimestre disparou em comparação ao mesmo período do ano passado. Enquanto isso, a fatia da Apple despencou de uma posição de quase metade do mercado para menos de um terço. Os dados são da consultoria Strategy Analysts.

O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2013 | 02h14

Os tablets com Android, de marcas como Samsung, Google Nexus e Sony, mas também de uma série de marcas menores e com preços reduzidos, foram responsáveis por 67,2% do mercado global no segundo trimestre de 2013.

No mesmo período em 2012, respondiam por 51,4%.

Já o sistema iOS, de aparelhos da Apple como o iPad e o iPad Mini, caiu de uma posição de 47,2% no segundo trimestre de 2012 para 28,3% na mesma época este ano.

Em números de unidades vendidas, o que era quase empate se tornou franca desvantagem para a Apple.

No segundo semestre de 2012, tablets da Apple venderam 17 milhões de unidades, ante a 18,5 milhões de modelos Android. Um ano depois, foram 14,6 milhões de iPads contra 34,6 milhões do sistema rival.

As vendas totais de tablets no mundo alcançaram 51,7 milhões de unidades, um aumento de 43% em relação aos 36,1 milhões do segundo trimestre em 2012.

Na mesma pesquisa da Strategy, tablets com sistema operacional Windows subiram sua participação de 0,5% para 4,5%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.