Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Apple divulga resultado abaixo do esperado

Os resultados da Apple no quarto trimestre fiscal, divulgados ontem, ficaram abaixo da expectativa dos analistas, fazendo com que as ações da empresa caíssem mais de 6% no after hours (negociação depois do fechamento do mercado). Com essa perda, perdia para a Exxon Mobil a posição de maior empresa do mundo em valor de mercado.

NOVA YORK, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2011 | 03h05

Nos três meses encerrados em 24 de setembro, o lucro da Apple cresceu 54%, puxado pelo forte volume de vendas de iPhones e iPads, somando US$ 6,62 bilhões, ou US$ 7,05 por ação. A receita cresceu 39%, para US$ 28,27 bilhões, com 63% desse total resultante de vendas internacionais.

Analistas de Wall Street esperavam um lucro por ação de US$ 7,39 e uma receita de US$ 29,69 bilhões. Em julho, a Apple havia estimado um lucro por ação de US$ 5,50 para o período e uma receita de US$ 25 bilhões.

Demanda. A companhia vendeu 11,1 milhões de unidades do iPad no quarto trimestre fiscal, quase o triplo do volume comercializado um ano antes, e 17,1 milhões de unidades do iPhone, aumento de 21% na mesma base de comparação.

A venda de iPhones ficou bem abaixo dos 20,3 milhões vendidos no trimestre anterior.

Os consumidores resolveram esperar o lançamento do novo modelo, que começou a ser vendido na sexta-feira em sete países, incluindo os Estados Unidos.

No quarto trimestre fiscal, as vendas de computadores Macintosh subiram 26%, para o recorde de 4,9 milhões de unidades, enquanto as de iPods encolheram 27%, para 6,6 milhões de unidades.

A previsão para este trimestre é que o lucro por ação alcance US$ 9,30 e o faturamento US$ 37 bilhões. Normalmente, a Apple divulga expectativas conservadoras para seus resultados, menores que a dos analistas.

O fundador da Apple, Steve Jobs, morreu no início deste mês de câncer no pâncreas. / DOW JONES E AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.