carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Appy antecipa nova agenda microecônomica do governo

Bernard Appy revela em entrevista ao Estado alguns pontos, como regulamentação das tarifas bancárias

Adriana Fernandes e Fabio Graner, do Estadão,

26 de setembro de 2007 | 19h40

O secretário de Política Econômica, do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, adiantou ao Estado pontos da nova agenda microeconômica do governo. São as medidas nas quais a área econômica vai se concentrar, nos próximos meses, depois que for encaminhada a reforma tributária, com o objetivo de superar gargalos e aumentar a eficiência da economia.  LEIA MAIS NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA DO ESTADÃO Entre as medidas estão a regulamentação das tarifas bancárias, a regulamentação da lei de resseguros, o aperfeiçoamento do seguro habitacional, a criação de um fundo de catástrofe rural, e novas desonerações tributárias, que Appy não quis especificar.

Tudo o que sabemos sobre:
Bernard Appy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.