finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Appy descarta atualizar valores imóveis no IR

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, descartou hoje o pedido do Secovi-SP para que o governo permita a atualização dos valores imóveis na declaração anual de Imposto de Renda.Desde 94, a atualização é proibida, o que faz com que as operações de compra e venda de imóveis, sobre as quais incide uma alíquota de 15%, penalize os proprietários, de acordo com os empresários. "Isso não está em discussão", disse Appy. Segundo ele, em vez de mudar a tributação, o governo trabalha para ter uma inflação baixa o que faria com que não haja necessidade da atualização dos valores.Em reunião com empresários do Secovi, o diretor da entidade, Fernandez Mera, perguntou a Appy porque o governo Lula não adotava uma taxa de juros entre 5% e 6% ao ano para a habitação. O secretário rejeitou a proposta, afirmando que o uso do crédito imobiliário é feito por países que tem insuficiência de demanda, o que não é o caso do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.