Apreensões da Receita em Santos crescem 266% até abril

Arrecadação nos primeiros meses do ano, entre mercadorias, tributos e multas, soma R$ 143 milhões

Rejane Lima, de O Estado de S. Paulo,

26 de maio de 2008 | 13h28

As apreensões das operações da Receita Federal na Alfândega de Santos arrecadaram 266% a mais no primeiro quadrimestre deste ano na comparação com o período de janeiro a abril de 2007. O total alcançou R$ 143 milhões, contra os R$ 39 milhões dos primeiros quatro meses do ano passado.  Os valores incluem autos de apreensão de mercadorias e os autos de infração, nos quais são exigidos tributos e multas. As fraudes mais comuns são irregularidades em operações de trânsito aduaneiro, interposição fraudulenta, falsa declaração de conteúdo e pirataria. De acordo com nota divulgada nesta segunda-feira, 26, pela Alfândega, foram realizadas 405 ações fiscais, com 254 resultando em apreensão de mercadorias e 151 em lançamento de crédito tributário. A Receita explica que cada auto de infração pode compreender mais de 100 declarações de importação e/ou exportação. Mesmo com os quase dois meses da greve dos auditores fiscais - encerrada no último dia 12 - a Receita divulgou que os fiscais de Santos lavraram 97 representações para fins penais envolvendo 299 pessoas pela prática de atividades ilícitas. No entanto, a Alfândega não cita na nota o número de representações fiscais lavradas no primeiro quadrimestre de 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
Receita FederalPorto de Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.