Apreensões da Receita no ano aproximam-se de R$ 1 bi

As apreensões da Receita Federal do Brasil (RFB) atingiram R$ 947,396 milhões no período acumulado de janeiro a novembro deste ano. Com relação ao mesmo período de 2006, foi registrado um aumento de R$ 117 milhões. O crescimento no volume de apreensões tem sido ajudado pela aquisição de veículos como helicópteros e lanchas pelo Programa de Modernização da Administração Tributária e Aduaneira. As ações conjuntas da Receita com os demais órgãos de segurança e fiscalização e o Ministério Público (MP) intensificaram o combate aos crimes tributários e aduaneiro, entre eles contrabando, descaminho, pirataria, narcotráfico e lavagem de dinheiro. Até novembro passado, foram executadas, somente pela equipes de repressão, aproximadamente 2,1 mil operações. Algumas ações tiraram de circulação quadrilhas internacionais de criminosos, com reflexos tanto no Brasil como no exterior.As operações ocorrem em todo território nacional, desde portos, aeroportos e pontos de fronteiras até estabelecimentos e feiras populares, além das principais rotas utilizadas pelos criminosos. O resultado favorece a concorrência leal e defende a sociedade dos reflexos negativos que estes crimes acarretam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.