Aprovação de fusão de cervejarias é recomendada ao Cade

A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazendarecomendou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a aprovação, sem restrições, da fusão entre a cervejaria canadense Molson, que produz no Brasil as cervejas Bavária e Kaiser, e a empresa norte-americana Coors. A palavra final sobre a operação cabe ao Cade, mas ainda não há data para o julgamento.O parecer da Seae destaca que, embora os dois grupos empresariais atuem no mercado mundial de bebidas e se envolvam na produção e comercialização de cervejas, a Coors não tem operações, nem registrou vendas desse produto no Brasil. Por isso, "a fusão entre a Molson e a Coors não traz prejuízos à concorrência, recomendando-se, portanto, sua aprovação sem restrições".A secretaria ainda destaca que a fusão, que tornará a Molson subsidiária da Coors, deverá ocorrer até o final de 2004 e envolve todos os ativos das duas empresas que serão combinados na nova empresa. O pedido de autorização ao Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (SBDC) foi protocolado no dia 21 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.