Aprovada venda de participação da GDF Suez para Mitsui

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, o negócio pelo qual a GDF Suez vende participação de 20% na Usina Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (RO), para a japonesa Mitsui, por R$ 1,14 bilhão. A fatia de 20% é referente às ações emitidas e em circulação da ESBR Participações, detidas pela GDF Suez.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

02 de julho de 2013 | 11h09

A transação foi baseada em um valor patrimonial de R$ 5,7 bilhões referente a 100% do projeto (2,2 bilhões de euros) em 31 de dezembro de 2012, segundo informou comunicado distribuído pela GDF Suez no exterior em meados de maio.

A aprovação do negócio está em despacho assinado pela Superintendência-Geral do Cade, publicado nesta terça-feira, 2, no Diário Oficial da União. Segundo o Cade, "a operação proposta não gera preocupações concorrenciais, já que não resulta em relações horizontais ou integrações verticais entre as requerentes, pois representa meramente a entrada da Mitsui na estrutura societária da ESBR Participações. Dessa forma, a operação não terá qualquer efeito no mercado de geração de energia elétrica ou mesmo no mercado de geração de energia elétrica por usinas hidrelétricas".

Tudo o que sabemos sobre:
Cadevenda de participaçãoGDF Suez

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.