coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Aprovado plano espanhol de adiar redução do déficit

A Comissão Europeia afirmou nesta sexta-feira que aprovou o plano do governo espanhol de adiar para 2016 a redução do déficit para menos de 3% do Produto Interno Bruto (PIB)

Agencia Estado

26 de abril de 2013 | 12h25

"O adiamento da correção do déficit excessivo da Espanha para 2016 é consistente com a atual análise técnica da Comissão sobre o que seria um caminho de consolidação fiscal equilibrado, mas ambicioso, dadas as dificuldades do cenário econômico", afirmou o braço executivo da União Europeia, em comunicado.

A Comissão vai agora analisar os detalhes do plano espanhol e apresentar suas conclusões e recomendações em 29 de maio.

"É crucial que o caminho fiscal do Programa de Estabilidade seja baseado em noções macroeconômicas prudentes e quantidade suficiente de medidas estruturais de alta qualidade. Nossa avaliação sobre isso será divulgada em 29 de maio", diz o comunicado.

A Comissão vai fazer novas previsões para o crescimento do PIB, déficits, inflação e emprego na próxima semana. As informações são da Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
UEEspanhadéficitmeta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.