Arábia Saudita manterá política moderada do petróleo

A Arábia Saudita manterá sua política moderada com relação ao petróleo, com o objetivo de preservar a estabilidade da economia mundial, declarou, neste sábado, dia 1º, o rei Abdullah. As declarações foram feitas no momento em que o preço internacional do petróleo aproxima-se novamente dos US$ 70 por barril. Em agosto do ano passado, a passagem do furacão Katrina pelos Estados Unidos elevou a esse nível a cotação do petróleo. A Arábia Saudita conta com aproximadamente um quarto de todas as reservas de petróleo conhecidas no planeta. Ao mesmo tempo, em discurso diante do Conselho Shura - uma espécie de Parlamento cujos membros são designados pela monarquia saudita -, Abdullah disse em Riad que "não há lugar para o extremismo" em seu reino. O rei, um dos principais aliados dos Estados Unidos no mundo árabe, prometeu "esmagar" o que qualificou como "um grupo errado de terroristas e assassinos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.