Hamad l Mohammed/Reuters
Hamad l Mohammed/Reuters

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Arábia Saudita vai restaurar toda a produção de petróleo na próxima semana, diz fonte

Ataques às unidades de Khurais e Abqaiq, alguns dos maiores complexos de petróleo do reino, afetaram 5,7 milhões de barris diários da capacidade de produção

Reuters

23 de setembro de 2019 | 10h14

LONDRES - A Arábia Saudita recuperou cerca de 75% da produção de petróleo perdida após os ataques às suas instalações e restaurará todo o fluxo até o início da próxima semana, disse uma fonte próxima à questão nesta segunda-feira, 23. 

A produção de petróleo saudita na unidade de Khurais está agora em mais de 1,3 milhão de barris por dia (bpd), enquanto o bombeamento na unidade de  Abqaiq está perto de 3 milhões de barris diários, segundo a fonte. 

Os ataques às unidades de Khurais e Abqaiq, alguns dos maiores complexos de petróleo do reino, afetaram 5,7 milhões de barris por dia da capacidade de produção.

Os ataques de 14 de setembro às plantas de Abqaiq e Khurais causaram incêndios e danos significativos que reduziram pela metade a produção de petróleo do principal exportador de petróleo do mundo. 

O ministro da energia saudita, príncipe Abdulaziz bin Salman, e o presidente-executivo da petroleira Aramco, Amin Nasser, disseram que a produção será totalmente restaurada até o final de setembro.

O reino conseguiu recuperar suprimentos para seus clientes em níveis pré-ataque, alavancando seus enormes estoques e oferecendo petróleo de outras classes e outros campos, disseram as autoridades sauditas. 

Tudo o que sabemos sobre:
Arábia Saudita [Ásia]petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.