ArcelorMittal e Siemens dão impulso a bolsas européias

O principal índice de ações européiasfechou em alta nesta quarta-feira, animado pelos resultadospositivos de grandes empresas como Siemens e ArcelorMittal epelo bom desempenho do setor financeiro, que subiu após medidasdos principais bancos centrais para melhorar a liquidez domercado. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300subiu 1,61 por cento, para 1.181 pontos. A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, reportou lucrorecorde no segundo trimestre, superando facilmente asexpectativas ao conseguir elevar os preços e compensar oaumento do custo das matérias-primas mesmo em um cenário dedesaceleração econômica global. As ações da empresa subiram 8,5 por cento e foram aprincipal influência positiva sobre o índice europeu. O mercado também foi sustentado pela decisão do FederalReserve, do Banco Central Europeu (BCE) e do banco centralsuíço de estender medidas de incentivo à liquidez. "O Fed expandiu suas medidas e sinalizou muito claramenteque vai fazer tudo para sustentar o sistema financeiro", disseRainer Sartoris, economista do HSBC Trinkaus. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 1,91por cento, a 5.420 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,96 por cento, para6.460 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 1,85 por cento, para 4.400pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,62 porcento, a 21.856 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 1,15por cento, a 11.817 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve ganho de 0,63 por cento,para 8.460 pontos. (Reportagem de Eva Kuehnen)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.