portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

ArcelorMittal terá novo presidenteno Brasil

O presidente da holding ArcelorMittal Brasil, José Armando de Figueiredo Campos, vai deixar a empresa. Campos pediu desligamento esta semana, e vai se aposentar. O executivo também acumulava o cargo de diretor-presidente da ArcelorMittal Tubarão (antiga CST), e será substituído, nesse cargo, pelo atual diretor comercial da usina, Benjamin Mário Baptista Filho. Ainda não está confirmado o nome do novo presidente da holding.José Armando entrou na Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST), como vice-presidente executivo, em 1992, após uma passagem pela Vale. Assumiu a presidência da empresa em 1999. Em 2006, com a criação da ArcelorMittal Brasil, o executivo ficou também com a presidência da holding. A ArcelorMittal Brasil engloba as unidades de Tubarão (ES), ArcelorMittal Aços Longos (ex-Belgo Mineira) e ArcelorMittal Vega (SC). A siderúrgica argentina Acindar também está ligada à holding.CRISEO novo presidente da ArcelorMittal Brasil vai assumir o grupo em meio a uma grave crise. A produção de aço no Brasil recuou, apenas em fevereiro, 39% na comparação com o mesmo mês de 2008. E, para os próximos meses, a expectativa era de uma redução ainda maior na produção, por causa da paralisação de um alto-forno na CSN.Na ArcelorMittal Brasil, a crise também já provocou estragos. O grupo antecipou a parada para manutenção de um alto-forno na unidade de Tubarão e concedeu férias coletivas e licenças remuneradas na unidade de aços longos no fim do ano passado. Atualmente, essa unidade trabalha entre 60% e 70% da capacidade.Esta semana, o presidente do grupo Usiminas, Marco Antônio Castello Branco, disse prever que o mercado de aço no País só comece a se normalizar a partir do quarto trimestre. A Usiminas também suspendeu este mês a produção de um alto-forno em Cubatão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.