ArcelorMittal vai explorar minério na Mauritânia

A ArcelorMittal, maior grupo siderúrgico do mundo em produção, anunciou hoje que firmou um memorando de entendimentos com a Société Nationale Industrielle et Miniere (SNIM), da Mauritânia, no dia 26 de dezembro. Pelo acordo, as duas companhias vão desenvolver em conjunto um grande projeto de extração de minério de ferro na região de El Agareb, na Mauritânia, que tem reservas estimadas em mais de 1 bilhão de toneladas de magnetita de alta qualidade.Em sua primeira fase do projeto, a ArcelorMittal vai conduzir trabalhos exploratórios e um estudo de viabilidade. O andamento do projeto será administrado por uma joint venture entre as duas empresas, que ainda será criada. A ArcelorMittal pretende desenvolver uma mina capaz de produzir 25 milhões de toneladas por ano.Na fase de exploração e prospecção, a participação da ArcelorMittal no projeto será de 30%. O grupo, porém, tem a opção de aumentar essa fatia para 70% após iniciada sua execução. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.