Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Área do pré-sal soma 149 mil km², 72% sem concessão

A área total da "província do pré-sal" chega a 149 mil quilômetros quadrados, dos quais 107,228 mil quilômetros quadrados (72%) representam área sem concessão. Os dados constam da apresentação do "Novo Marco Regulatório Pré-sal e áreas estratégicas", que foi feita durante a reunião ministerial e do conselho político realizada hoje pela manhã em Brasília. O documento, que está disponível no site da Presidência da República (www.info.planalto.gov.br) e também no Blog do Planalto (blog.planalto.gov.br), denomina de "província do pré-sal" toda a área onde há possibilidades de ocorrência de reservas no pré-sal, não indicando um reservatório único.

SANDRA MANFRINI, Agencia Estado

31 de agosto de 2009 | 15h43

Segundo a apresentação, correspondem a áreas já concedidas uma extensão de 41,772 mil quilômetros quadrados, ou 28% do total da província do pré-sal. Desses, 35,739 mil quilômetros quadrados são áreas concedidas com a participação da Petrobras, o que representa 24% da área total da província do pré-sal.

O documento apresenta dados ainda sobre a taxa de sucesso das descobertas do pré-sal. No pré-sal, que se estende da Bacia do Espírito Santo até a Bacia dos Santos, destaca a apresentação, a Petrobras perfurou 31 poços, com taxa de sucesso de 87%. Na Bacia de Santos, foram perfurados 13 poços, com taxa de sucesso da Petrobras de 100%.

A estimativa do governo, segundo o documento, é de que nos próximos anos o Brasil produza, somente no pré-sal já concedido, quase o mesmo volume produzido atualmente no País. A produção total média de petróleo do País no primeiro semestre deste ano chegou a 1,936 milhão de barris/dia.

Tudo o que sabemos sobre:
pré-salmarco regulatórioárea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.