Área plantada aumentou 50% em todo o País

O Brasil deve colher uma safra recorde de algodão este ano, com 1,95 milhão de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mas um terço deste volume - cerca de 630 mil toneladas - deve ser exportado. As lavouras paulistas são as primeiras a serem colhidas. A safra ocorre, na sequência, no Centro-Oeste e na região Nordeste. Em Mato Grosso, principal produtor de algodão do Brasil, o plantio atrasou por causa das chuvas e a colheita só deve começar em junho. As lavouras têm bom desenvolvimento, mas o período maior de chuvas agravou a incidência de pragas. Em todo o País, em comparação com 2009, a área plantada aumentou mais de 50%. Reflexo dos preços da fibra que, segundo a Fundação Getúlio Vargas, em um ano acumulam alta de 170%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.