Argentina adia anúncio de pacote econômico

O presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, decidiu adiar o anúncio das medidas econômicas previsto para este sábado. A decisão aconteceu após uma reunião com o ministro de Economia, Jorge Remes Lenicov, para avaliar decisão da Corte Suprema de considerar inconstitucional o confisco determinado pelo ex-ministro Domingo Cavallo.Lenicov também decidiu decretar feriado bancário de dois dias - segunda e terça-feira - e cancelar a ida a Nova York, onde participaria do Fórum Econômico Mundial.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.