Argentina adiou a reestruturação da dívida

O ministério de Economia anunciou ontem à noite que vai adiar o lançamento da reestruturação da dívida em moratória. O lançamento da troca estava previsto para a próxima segunda-feira e seria feito somente no mercado local, já que o agente responsável pela colocação dos títulos nos mercados externos, o Bank of New York, renunciou à operação. De acordo com um comunicado do Ministério de Economia, a nova data para a troca será do dia 17 de janeiro até 25 de fevereiro. Os novos títulos serão entregues aos credores que aceitarem a troca no dia primeiro de abril. O comunicado justifica o adiamento para "manter a operação unificada, evitando seu desdobramento entre o mercado de Buenos Aires e outros mercados"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.