Argentina antecipa devolução de energia ao Brasil

A Argentina antecipou a devolução da energia elétrica que recebeu do Brasil entre maio e agosto passado. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o país vizinho terminou, no dia 30 de setembro, de devolver a energia que recebeu. Originalmente, o acordo entre os dois países previa que a Argentina teria até o fim de novembro para enviar ao Brasil os megawatts (MW) que recebeu durante o inverno - época mais crítica do consumo energético na Argentina. A devolução foi de uma carga de 800 megawatts-hora por dia. Ao todo, a energia trocada entre os dois países equivale à potência de uma pequena usina de 33 MW, energia suficiente para abastecer uma cidade de 94 mil habitantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.