Argentina aprova corte na verba da educação

Os deputados argentinos aprovaram um corte de 600 milhões de pesos na verba da educação. Do lado de fora do Congresso, manifestantes enfrentaram a polícia, que reprimiu o protesto com cassetetes de madeira e balas de borracha. Vários grupos organizados protestam contra a aprovação do orçamento, considerado mais recessivo.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.