Argentina consegue empréstimo para infra-estrutura

O governo de Néstor Kirchner conseguiu seu primeiro empréstimo para obras de infra-estrutura, junto ao Banco Mundial. Antes de completar um mês da reestruturação da dívida em moratória da Argentina, o Banco Mundial decidiu liberar um empréstimo de US$ 215 milhões que estava travado no organismo desde meados de 2002. O gesto foi interpretado pelo governo como um sinal "muito positivo" do Bird, já que o organismo tem mantido uma dura relação com a Argentina por causa da reclamação das empresas privatizadas para o reajuste de tarifas. As obras de recuperação de estradas e rodovias têm previsão de início em junho próximo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.