Argentina cria ministério separado para Agricultura

Nova carteira também vai envolver as áreas de pesca, gado e alimentação e terá mais representatividade

Marina Guimarães, da Agência Estado,

30 de setembro de 2009 | 13h28

Em meio ao longo conflito que trava com o setor agropecuário, o governo argentino decidiu criar um Ministério de Agricultura. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 30, pelo ministro chefe de Gabinete, equivalente à Casa Civil, Aníbal Fernández.

 

A pasta será ocupada pelo deputado Julián Domínguez, da província de Bueno Aires, que assumirá o cargo amanhã à tarde. "É uma mudança da categoria atual da Secretaria, que recebe o status de Ministério, dando hierarquia mais forte à uma tarefa que já vinha sendo realizada", justificou Fernández. Além da Agricultura, a nova carteira vai envolver as áreas de pesca, gado e alimentação.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinaagriculturaministério

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.