Argentina empresta US$ 70 mi para novo modelo da GM

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou hoje um empréstimo de US$ 70 milhões para a General Motors Argentina. Os recursos financiarão 58% de um novo modelo, que será fabricado com peças locais, e devem garantir 2.200 empregos. Os recursos são da Anses, que administra o dinheiro de aposentadorias e pensões no país.

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

04 de junho de 2009 | 18h59

"É importante sustentar essa atividade econômica que vai permitir a manutenção dos empregos também do setor de autopeças. Uma das condições que colocamos para conceder o empréstimo é que todas as peças sejam de origem argentina", ressaltou Cristina, em discurso na unidade da GM em Rosario, na província de Santa Fe. O presidente da montadora, o brasileiro Edgar Lourencon, afirmou que o apoio do governo argentino foi decisivo para fabricar o novo modelo na unidade.

Segundo Lourencon, além dos 2.200 empregos diretos, a GM possui outros 1.000 indiretos e todos serão preservados. "Ainda não sabemos como o novo modelo vai se chamar, mas sabemos que sua produção vai estar plena no último trimestre deste ano, pronto para ser lançado em 2010."

Volkswagen

Já a montadora alemã Volkswagen anunciou hoje em Buenos Aires que vai fabricar sua primeira picape do segmento de uma tonelada, a Amarok. A picape Amarok - que significa Lobo no idioma esquimó - será apresentada formalmente em dezembro e sua comercialização está prevista para o primeiro trimestre de 2010.

O gerente de Relações Institucionais da Volkswagen na Argentina, Rony Frost, informou que o veículo será produzido exclusivamente na unidade local de Pacheco para ser exportado para todo o mundo. "A Amarok marca o início de uma estratégia de crescimento da Volks e sua entrada em um novo segmento", disse Stephan Schaller, presidente e porta-voz do conselho executivo da Volkswagen Veículos Comerciais.

"A Amarok é a primeira picape deste tipo da montadora e dos grandes fabricantes europeus, e vai competir principalmente com os rivais asiáticos no segmento dos veículos de uma tonelada", ressaltou. Segundo a Volks, a Amarok vai concorrer com os modelos Hylux (Toyota) , L-200 (Mitsubishi), Ranger (Ford) e Frontier (Nissan).

Tudo o que sabemos sobre:
montadorasGMVolkswagenArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.