Argentina está pronta para metas de inflação, diz presidente do BC

O presidente do Banco Central, Alfonso Prat Gay, afirmou que a Argentina está pronta para implementar o sistema de metas de inflação como política monetária, a partir de 2004. Durante a abertura de um seminário sobre Jornadas Monetárias e Bancárias, promovido pelo Banco Central, Prat Gay disse que o esquema de metas de inflação tem como objetivo "escutar o desejo dos argentinos, muito bem refletido pelo discurso do Presidente da Nação (Néstor Kirchner) em sua cerimônia de posse no Congresso, de voltar a ser um país normal". O encontro que começou hoje propõe o debate sobre metas de inflação e política monetária. Participarão das discussões, o economista chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kenneth Rogoff, e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Guillermo Calvo, e o ex-presidente do Banco Central do Brasil, Armínio Fraga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.