Argentina não fechará acordo com FMI neste ano

O ministro das Relações Exteriores da Argentina, Rafael Bielsa, afirmou hoje que a Argentina não deverá fechar nenhum acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) este ano, o que não impedirá o País de cumprir com os seus vencimentos com o organismo internacional programado para este ano. "Em termo técnicos não precisamos absolutamente de um acordo".Bielsa afirmou também que a possibilidade de uma negociação conjunta do Brasil, da Argentina e de outros países latino-americanos com o Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma meta para o futuro, mas uma fórmula que não é viável nesse momento.Ao ser questionado sobre as avaliações de que o Brasil abandonou o País vizinho no seu difícil relacionamento com o Fundo e durante a renegociação de sua dívida externa, Bielsa insistiu que jamais poderia dizer que o Brasil tentou se descolar da Argentina. "O Brasil escolheu uma forma de se relacionar com o Fundo e a Argentina preferiu outra. A Argentina se antagonizou com o FMI mas não com o Brasil".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.