Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Argentina negocia compra de avião Embraer para Presidência

Segundo o ministro Nelson Jobim, negociação para troca de Boeing por aeronave brasileira estão avançadas

Da Redação,

25 de fevereiro de 2008 | 15h27

O governo brasileiro confirmou no domingo, 24, a existência de negociações avançadas para que o governo de Cristina Kirchner adquira um avião da Embraer, que serviria para uso presidencial e que substituiria o Tango 01, um Boeing 757 que a Casa Rosada pretende aposentar. "Há negociações entre o governo argentino e a Embraer", disse ao jornal La Nacion o ministro da Defesa, Nelson Jobim. Em uma coletiva no Aeroparque Jorge Newbery, Jobim se recusou a dar mais detalhes, afirmando que não é função do ministério cuidar dos detalhes específicos da operação.  As negociações acontecem entre a Secretaria Geral da Presidência argentina, comandada por Oscar Parrilli, e a Embraer, uma das maiores fabricantes de aviões da América Latina. O avião eleito para substituir o Tango 01 é um Lineage 1000, aeronave para 19 passageiros.

Tudo o que sabemos sobre:
Embraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.