Argentina pode manter feriado amanhã

A diretoria do Banco Central da Argentina estuda a manutenção do feriado cambial e bancário para amanhã. Os bancos voltariam a funcionar somente para o pagamento de salários, aposentadorias, pensões e pagamentos de serviços, como ocorre nesta terça-feira. Uma fonte do BC confirmou à Agência Estado que as normas e regulamentações sobre o novo tipo de câmbio, bem como a pesificação dos depósitos, ainda estão sendo redigidas. "Acreditamos que não teremos tempo suficiente para terminar e publicar estas normas, de forma que os bancos possam adaptar-se para a abertura aos clientes", disse a fonte.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.