Argentina reduz tarifa de exportação de biodiesel, diz indústria

O governo argentino cortou impostos de exportação de biodiesel quase pela metade em uma tentativa de sustentar um setor atingido por medidas antidumping da União Europeia, disse um executivo da indústria nesta quinta-feira.

Reuters

22 de maio de 2014 | 13h09

Impostos sobre as vendas externas estão sendo reduzidos a 11 por cento, contra 21 por cento anteriormente, disse o presidente da associação da indústria de biocombustíveis da Argentina, Luis Zubizarreta, à Reuters.

As exportações de biodiesel da Argentina caíram no ano passado devido às tarifas impostas pela UE.

Nenhum porta-voz do governo estava imediatamente disponível para comentar a declaração de Zubizarreta.

O país sul-americano, anteriormente o maior exportador de biodiesel do mundo, tem se queixado à Organização Mundial do Comércio sobre a medida da UE.

O Congresso do país está considerando um projeto de lei para eliminar temporariamente os impostos de produção de biocombustíveis.

(Por Nicolas Misculin)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSBIODIESLARGENTINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.