Argentina restringirá entrada de calçados brasileiros

O ministro da Economia da Argentina, Roberto Lavagna, anunciou que nas próximas horas assinará resoluções que implicarão aplicação de licenças não-automáticas para a entrada de calçados brasileiros naquele país. Estas licenças provocam um excesso de trâmites burocráticos com longas demoras que desestimulam as importações do produto, justificou, acrescentando que a medida pretende evitar uma "avalanche de calçados brasileiros na Argentina".As licenças não-automáticas serão aplicadas por tempo indeterminado e estarão condicionadas à evolução do comércio dos produtos envolvidos. Segundo Lavagna, as restrições contra os calçados provenientes do Brasil são "de caráter preventivo". De acordo com o ministro, as medidas foram tomadas em consenso com as autoridades do governo brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.